Publicado por: lilicasinger | maio 26, 2010

Sal Gastronomia

Fazia tempo que queria ir ao Sal. Na verdade, já tinha tentado visitar num sábado a noite, mas descobri que o restaurante abre, durante os finais de semana, apenas para o almoço de sábado (de terça a sexta o restaurante funciona no almoço e jantar). O salão do restaurante é pequeno, mas aconchegante (achei as mesas próximas demais e fiquei um pouco intimidada em falar sobre assuntos pessoais). A cozinha é de vidro, então é possível ver o chef (Henrique Fogaça) e sua trupe trabalhando (muito – a cozinha não para).

O atendimento foi ótimo, mas a comida custou a chegar – ideal pra quem quer bater papo e não tem  horário para ir embora, mas terrível para os famintos e apressados. Dispensamos o couvert e provamos o palmito pupunha assado, que estava sensacional – tenro e um pouco adocicado. Recomendo substituir o couvert por alguma das entradas, que são apetitosas e não muito caras (entre R$15 e R$30).

Pupunha assado

Provamos o Medalhão ao molho roti com pimenta rosa e risoto de queijo brie  e o Lombo de cordeiro, purê de queijos, shitake ao molho de jabuticaba. O medalhão estava no ponto certo, alto e suculento e o cordeiro estava ultra macio e ficou muito saboroso com o molho de jabuticaba. Achei o risoto de queijo brie muito bom, al dente. O purê de queijos é delicioso na primeira garfada, mas ficou extremamente enjoativo e pesado para acompanhar o cordeiro ao longo da refeição.

Medalhão ao molho roti com pimenta rosa e risoto de queijo brie

Lombo de cordeiro com purê de queijos, shitake e molho de jabuticaba

Como sobremesa provamos a panacota com calda de framboesa. O doce tinha uma consistência um pouco mais gelatinosa do que eu gosto, mas estava muito saboroso. A calda não estava doce demais, o que nos agradou.

Panacota com calda de framboesa

Nota-se que existe uma preocupação de agradar o cliente, não apenas no paladar, mas também visualmente. Os pratos tinham apresentação impecável.

Apenas uma coisa me incomodou no restaurante – o banheiro é unissex. O problema é que é daquele tipo que qualquer um entra para lavar a mão a qualquer hora; não tem tranca na porta principal…

Sal Gastronomia

Rua Minas Gerais, 350 – Higienópolis

Tel: 3151-3085

Anúncios

Responses

  1. Lilica o sal é o meu restaurante favorito em São Paulo! Amo!
    Se quiser ver o post que fiz no meu blog, veja
    http://gastronomiaefotografia.blogspot.com/2010/02/sal-gastronomia.html

  2. […] Sal Gastronomia […]

  3. iai cara cm vc ta eu falei pra vc que iria deixar um comentario aki no seu blog ola o meu orkut e ullimar_knes@yahoo.com.br e msn e negaocanes@hotmail.com

  4. Quando fui no sal, provei esse prato de risoto de queijo brie e filé com molho rotie. Achei simplesmente maravilhoso, saí de lá querendo mais, mesmo nao tendo conseguido comer o prato todo.
    Depois disso tenho tentado reproduzir esse prato mas, obviamente, sem muito sucesso. Um dia chego lá.

  5. Olá Gostaria de saber, se vocês fornecem cursos? Se possível em nossa cidade.

    Sou de Casa Branca SP, conhecida como a terra da jabuticaba, precisamos capacitar nossos restaurantes para receber os turistas neste segmento culinário com jabuticaba.

    Aguardo retorno.

    Att;

    Mariana N. Angelini Saran
    Diretora de Turismo


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: